Como transformar a laje da sua varanda com um sistema de telhado verde moderno

on

Olá pessoal. Eu sempre fico falando do impacto urbano dos telhados verdes na redução de enchentes, redução de ilhas de calor, etc…  sempre colocando o foco em grandes projetos para mostrar que os telhados verdes são um bom negócio e que podem causar grandes transformações quando aplicados em escala. Entretanto, hoje resolvi mudar um pouco o tom e selecionei um dos projetos mais legais que já fizemos – literalmente uma varanda, onde pudemos aplicar diversas técnicas diferenciadas para obter leveza e desempenho em um jardim que fez toda a diferença na qualidade de vida do local, valorizando o imóvel.

Acho legal  o momento para  mostrar esta experiência, pois hoje a noite (quinta 8/11), às 20h vou refazer a minha aula Telhados Verdes Modernos AO VIVO – transmitida online, onde vou apresentar os principais pontos de atenção para quem projeta ou trabalha com telhados verdes, além de falar sobre a evolução e futuro desta tecnologia.

Confira as imagens!! Compartilhe! Inscreva-se para a aula >> http://bit.ly/GREENROOFHACKER

Muitas vezes nos deparamos com lajes em varandas, onde como regra geral o preenchimento da laje é feito com argila expandia – ou é aplicado um piso ou revestimento cerâmico. Neste caso, o proprietário tinha outros planos: o objetivo era criar um jardim para amenizar a vista da casa em relação ao edifícios vizinhos, que ao mesmo tempo pudesse funcionar como um QUINTAL, mas que não proporcionasse SOBREPESO excessivo, pois a estrutura não havia sido pensada para receber um jardim sobre laje tradicional.
Além de não podermos fazer o preenchimento completo da laje (mesmo o substrato mais leve do mundo iria ultrapassar o peso quando encharcado, pois o volume era muito grande), por se tratar de uma construção antiga, haviam diversas interferências com tubulações que não poderiam ficar ‘enterradas’ e precisavam ter fácil acesso para manutenção. Por isso, optamos por trabalhar com estrados plásticos para elevação do sistema de cultivo, para podermos trabalhar com um limite seguro de sobrepeso permitido.
Os elevadores de cultivo foram aplicados sobre toda a superfície da laje, sendo que utilizamos caixas perfuradas de inox (com tampa) para manter o acesso aos ralos de drenagem.
Para as árvores e arbustos, criamos estas covas artificiais, deixando um espaço vazio entre os elevadores de cultivo, com cintas de travamento para os torrões mais pesados.
Detalhe do travamento do torrão.
Utilizamos a mesma técnica para criar as covas para cultivo de arbustos menores também.
Sequencia de covas para cultivo de plantas arbustivas de médio porte.
Preparação da área para receber o gramado: aplicamos nossas bandejas FLAT diretamente sobre os elevadores de cultivo, para melhorar a retenção de água para o gramado.
Trabalho finalizado! Jardim recém plantado, missão cumprida. Agora é só esperar a natureza trabalhar.
Jardim evoluindo!
Tomando forma…
Bem melhor a nova roupa desta varanda, não? 😉

 

Deixe uma resposta